Todo o negócio caminha junto quando todos compreendem os objetivos. Compartilhe conhecimento.

Quer aumentar o sucesso de sua empresa? Utilize Analytics e compartilhe o conhecimento!

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
1
Tempo de leitura: 3 minutos

Em nosso último post apresentamos, de forma simples e objetiva, técnicas que podem ser utilizadas para se evitar mal-entendidos na análise dos dados. Gostaria de relembrar a importância do compartilhamento dos resultados por todo o negócio. A divulgação dessas informações agirá como fator motivador de mudança. Compartilhe!

O movimento do nosso corpo é baseado em comunicação. Temos uma vontade ou desejo, por exemplo, de buscar um copo com água pois estamos com sede. Tornamos essa vontade consciente e comandamos o nosso corpo para ir até a cozinha pegar a água. Se nossos membros não receberem essa ordem, ficaremos parados.

Como o corpo, nosso negócio precisa receber a informação que vem do cérebro e agir de acordo com o que é informado para atingirmos o objetivo.

Então vamos lá, compartilhe!

Trabalhamos para entender nosso negócio e, ao entendermos, temos todas as cartas na mesa. Sabemos como vendemos, como compramos, para quem vendemos e de quem compramos. Conhecemos todos os pormenores. Conhecemos nossos processos e somos capazes de dizer quais podem ser melhorados e quais áreas são responsáveis. Nesse momento, temos a grande oportunidade de informar a área ou dar o poder de analisar seus processos e melhorá-los. Afinal de contas, eles são os especialistas, se alguém consegue extrair o melhor de algo é seu criador.

Apenas para estimular a reflexão

Será que o Big Data pode nos auxiliar nesse sentido?

Com o empoderamento da área, melhorias podem ser feitas, a informação navegará até os níveis mais próximos da base da organização. Ou seja, o conhecimento que está no cérebro chegará a todos os pontos do corpo. Teremos uma organização sintonizada, caminhando na mesma direção em busca da excelência operacional.

Quais dados devem ser compartilhados? Todos?

Temos dados demais, devemos focar no que é importante para nossa área.

Projetos de BI costumam ter Data Warehouses ou Datamarts imensos e não temos um especialista do DW em cada área.

Se temos um DW com todas as informações, o usuário não sabe exatamente onde encontrar as informações que precisa. O que pode fazer com que o processo de criação de relatórios fique longo e tedioso. Criar formas de facilitar o encontro das informações necessárias é extremamente importante. No caso de datamarts, temos dados específicos, ao se utilizar nomenclaturas familiares ao cotidiano do usuário gera ganho de tempo no desenvolvimento de relatórios.

Também podemos utilizar o Big Data para realizar esta tarefa. Por meio tanto da alta capacidade de processamento quanto de armazenamento podem ser geradas tabelas analíticas em memória. Com ferramentas de Data Discovery, essas bases podem ser acessadas e estudadas em busca de padrões. Como exemplo de ferramentas de descoberta podemos citar Tableau, PowerBI, Microstrategy e Pentaho.

Um caso de sucesso que podemos citar de empoderamento utilizando Big Data é o da GoDaddyPor meio da leitura de arquivos de log de seus servidores, foram criadas bases para análise de performance. Usando machine learning, os dados são catalogados e armazenados, em seguida são disponibilizados para os usuários finais. Mas somente os dados que são realmente importantes para cada área ficam acessíveis.

Tão importante quanto simplesmente ter dados, é saber como utilizá-los, e quem precisa deles. Temos quantidades imensas de informação, mas nem tudo é realmente importante. O dado correto na mão da pessoa errada não tem valor algum, assim como o dado incorreto não tem valor com a pessoa correta.

A distribuição de conhecimento precisa ser algo natural, como é apresentado neste TED talk

Compartilhe conhecimento e gere lucro, transforme a cultura organizacional e colha sucesso.

Saiba mais:

Tem curiosidade sobre Analytics e quer alcançar a Excelência Operacional? Fale com a gente e siga nossos posts no Facebook.

About Leonardo Galler

Analista de Business Intelligence com especialização em Estatística Aplicada. Aspirante a Cientista de Dados e apaixonado por Data Discovery e All Things Data!
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
1

Deixe um comentário

avatar