Business Intelligence: isso é novidade?

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Tempo de leitura: 4 minutos

Embora muitas novidades no chamado “mundo digital” tenham surgido nesses últimos 10 anos, Business Intelligence (Bi), em minha opinião é algo que há muitas décadas (séculos?) inúmeros profissionais colocam em prática ainda que de forma discreta e pouco divulgada.   Hoje com a difusão das ferramentas tecnológicas e os conceitos de Marketing Digital facilitaram em muito o acesso a determinados tópicos e ferramentas da Matemática e particularmente da Estatística.

MatematicaAplicada_20151213

Com a forte utilização dos dados para a devida tomada de decisões, mais e mais pessoas recorrerão à essa fonte para sanar e dirimir dúvidas de caráter pessoal e profissional.   Isso terá implicações no meio corporativo uma vez que mais e mais profissionais com habilidade para análise crítica serão altamente demandados; vale lembrar, para a satisfação de alguns que tais profissionais serão exatamente, salvo melhor juízo, aqueles chamados de forma pejorativa de “nerds” e que por razões diversas nunca (ou quase nunca) são levados à mesa para a tomada de decisão, ficando na maioria das vezes não só isolados, mas quase sempre no ostracismo corporativo, enquanto os louros e méritos vão para outros…..; por outro lado, observo que em muitas organizações, encontrei vários C-level com o seu “nerd a tiracolo”.

 

Informacao_20151219

 

No fundo o que buscamos é Informação!

Diante desse cenário, e apesar de ter algumas restrições sobre a definição quanto ao termo BI, o que destaco e gostaria de ressaltar, é a importância que a boa formação e habilidade em técnicas matemáticas é, e será cada vez mais o grande ponto de diferenciação para que as tomadas de decisão sejam feitas de forma hiper apurada, acurada e no menor espaço de tempo possível ou seja, o – conjunto de ferramentas tecnológicas – “apenas” acelerou o processo após um árduo estudo, análise e avaliação dessa imensa massa de dados para transformá-los em algo palatável ou seja, informação!

Peter Drucker, salvo muito engano definiu tal conceito apontado aqui de forma livre, como:
“Informação são dados endossados, por relevância e sentido de tal maneira que permitam a melhor tomada de decisão, gerando assim experiência e conhecimento, fato esse que possibilitará aumentar a eficiência das mesma bem como diminuirá, em tese, os erros causados.”

hero-video

 

Mas afinal, que vem a ser essa “análise, estudo e avaliação” ?

A Matemática junto a qual a grande maioria(?) possui lá uma certa ojeriza, é, de forma inconteste e inexorável, a responsável pela excelência e melhoria (operacional e contínua) dessas tomadas de decisões, senão vejamos:  o Google, com a sua simples e minimalista tela de entrada, possui um número infinito de algoritmos e técnicas avançadas as quais nos permitem alcançar uma série de informações que sequer temos noção, mas estou certo, de que Testes de Hipóteses, ANOVA, Árvore de Decisão, Clusterizações, Análise Multivariada, DOE, Teorema de Bayes, Diagrama de Afinidades, Regressão (Linear e Múltipla) entre outras estão ai presentes fazendo “nossa alegria” no WhatsApp, Facebook, Pinterest, Twitter, Linkedin, Instagram, Snapchat, Youtube, etc, etc, mas parece que há um “apagão coletivo” sobre a importância que tais técnicas, algumas muito, mas muito mais antigas que a invenção do computador, que são magistralmente tratadas e utilizadas pelos nerds em diferentes áreas e aplicações tais como Excelência Operacional, Marketing Digital, Medicina, Cinema, Publicidade, entre outras…

O ponto-chave que observo aqui, é que são essas mesmas pessoas e técnicas muitas vezes oprimidas por uma maioria desinformada que passa a ganhar espaço no mundo profissional atual, o qual gera impacto infinito na vidas das pessoas, as quais inúmeras vezes digamos de maneira inconsciente e, é claro inconsistente, se esquecem desse “detalhe”.

 

Conclusão

É fato, que a tecnologia é algo do qual não podemos nos dissociar não só por uma questão profissional e de sobrevivência, mas também pelo prazer, benefícios e facilidades em todos os aspectos que a mesma nos oferece, porém, e esse é fulcro do que aqui compartilho, a sustentação da mesma é feita e vem sendo assim ao longo dos séculos “nos ombros” da Matemática e suas áreas (Estatística, Teoria do Caos, Matemática Financeira, Criptografia, Geometria Finita, Teoria dos Conjuntos, etc, etc..) enfim, “um mundo que para muitos é secreto, mas em suma é um universo paralelo oculto de beleza e elegância, entrelaçado intricadamente com o nosso” – Amor e Matemática o coração da realidade escondida – Edward Frenkel).

Embora não defenda a tese de que todos devam ser um nerd, é inquestionável que os mesmos vem hoje ganhando destaque e nos apresentando ou levando ao mais alto patamar o que muitos gostam de exaltar, a chamada Business Intelligence, a qual somente se destaca pelo uso das técnicas matemáticas de muitos, muitos séculos atrás.

Quer saber mais, conheça nossos Serviços!

About Otávio Monsanto de Paula

Profissional de Excelência Operacional e Business Intelligence! Blog: Excelência em Pauta.com.br
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Deixe um comentário

avatar