Marketing Digital

Marketing Digital: Você sabe o que é?

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Tempo de leitura: 4 minutos

Embora muito se fale sobre esse assunto, o qual para muitos é obscuro, a sua origem talvez tenha menos de duas décadas se considerarmos que a Internet ” explodiu” no final dos anos 90 início dos 2000.   Vale lembrar, o Google possui algo em torno de 20 anos, e vejam o que ele já significa…; só para lembrar: quantas vezes Você visitou o “motor de buscas” hoje (risos, o Google)?

É, eu diria que é quase impossível viver sem o mesmo nos dias de hoje.

Entretanto, e apesar de todos os benefícios e vícios que a Internet nos proporcionou é fato que mesmo muitos daqueles mais “conectados” não sabem responder de forma concisa, o que é Marketing Digital ?!?!?!?   Agora imaginem os mais neófitos, ou ainda, os “dinossauros da Revolução Industrial” os quais, sem medo de errar geram bilhões de dólares (e um número infinito de dados) para a economia global, e, é claro, possuem expertise ímpar em seus segmentos porém sabe-se lá porque ainda resistem à digitalização de seus negócios apesar das Smarts Factories, Inteligência Artificial, Robótica, etc, etc, serem o “feijão com arroz” de sua indústria ou como alguns preferem da Indústria de Transformação e Manufatura.   Para uma análise mais detalhada sobre isso, visite: Marketing Digital e a Revolução na Manufatura.

Pois é, embora não saibamos sequer a sua definição é inconteste o quanto nos beneficiamos de suas benesses e maravilhas, as quais em um passado nem tão remoto assim seria impossível de se imaginar.

O ponto chave é que se não é possível ao menos definir uma determinada “coisa” e mesmo assim de alguma forma avaliar os benefícios da mesma para o dia a dia seja pessoal e/ou profissional, reflita o quanto de oportunidades e possibilidades Você pode estar deixando passar….(!!??).   Não se desespere, Você não é o único e há como mudar isso com um pouco de foco, disciplina, e, é claro, criatividade.

PilaresSuporte_20160107

Nem tudo é novidade…

De maneira simples e objetiva, em verdade, o Marketing Digital evoluiu e vai continuar evoluindo “nos ombros” de diferentes técnicas não só do Marketing Tradicional, como nos da Estatística, da Matemática e, evidentemente, dos Métodos Computacionais hoje muito diferenciados, porém como alguém já dizia, “a base é a mesma” mas sintética e essencialmente, o Marketing evoluiu do off para o online tendo como referência os conceitos e princípios há muito estabelecidos.

O universo de trabalho e ambiente para se atender à satisfação do cliente entrou em um outro contexto, ou seja o digital o cenário da Internet, onde todas (e mais algumas..) atividades do Marketing Tradicional são agora utilizadas porém de acordo com as características da Internet.   Saímos do off e fomos para o online, simples assim!!!

Então o que mudou?

Pois é, ai vem outro ponto em minha opinião um tanto quanto contraditório, mas é um fato e digo isso me referindo especificamente ao comportamento do consumidor/usuário, que em geral têm como objetivo atender os próprios desejos e satisfação, valendo lembrar que sempre no menor espaço de tempo possível, e, naturalmente, de maneira perfeita, no formato especificado, no preço combinado, e, ainda que muitos contestem (se possível) com a menor interação com outro ser humano.

Uma análise mais cuidadosa, nos levará à seguinte conclusão, ah sempre foi assim, certo?   Errado, sempre buscamos esse padrão, mas o que hoje é diferente é a velocidade das operações e o comportamento do ser humano frente às suas necessidades também passou a ter um impacto vital, pois o consumidor hoje interage e experiencia seus produtos, serviços online e mais, até contribui para a melhoria do mesmo em vários aspectos tanto de usabilidade, como tamanho, formato entre outras características, o que proporciona a produção mais adequada, facilita a gestão de estoques, otimiza os custos de espaço, entre outras características que a transformação digital proporciona ao nosso dia a dia, e, é claro traz vantagens.

Marketing Digital: algumas vantagens…

  1. Investimento: O investimento é mais baixo. Com o Adwords, por exemplo, não há uma valor mínimo para o anunciante, completamente diferente do que ocorre nas mídias tradicionais.
  1. Indicadores e Relatórios de Desempenho: Com o o Google Analytics e outros “aplicativos” integrados ao Google é possível gerar uma visão estruturada e de fácil compreensão sobre suas atividades, campanhas e, é claro, equívocos mercadológicos, onde indicadores criados por Você poderão facilitar em muito as suas diretrizes estratégicas, seja por produto, segmento, região, valores, perfil de consumo, entre outros, e tudo num “piscar de olhos” e sem custo direto.
  1. Experiência do Usuário: O consumo pela Internet cresceu e deve crescer ainda mais com o passar dos anos, mas algo muito interessante já acontece. Quase 100% dos potenciais compradores pesquisam na internet antes de efetuar a compra. Antes, para pesquisar preços, íamos as lojas no centro da cidade, andávamos bastante e anotávamos a que tinha o melhor valor e qualidade para voltar e comprar. Hoje, com alguns cliques, pesquisamos tudo pela internet e compramos, sem ao menos sairmos do lugar.  Vou apenas observar aqui, a usabilidade do produto via Internet é algo que hoje é crítico, pois será tema de um outro post.
  1. Abrangência da Internet: A nos dias de hoje está presente em todos os lares, empresas, e, fundamentalmente em todos os smartphones, o que significa que potenciais consumidores estão o tempo todo(?) conectados, não havendo barreiras de caráter geográfico, idioma, ou algo nessa linha.
  1. Familiaridade com a audiência: Com o uso da mídias sociais, é possível compreender as tendências e desejos dos seus clientes.   Isso possibilita ações mais efetivas e próximas à realidade do seu cliente alvo, ou seja, suas ações são mais eficientes e operacionalmente menos custosas.

Inovação e Vanguarda!

Saia do trilho…(e saia rápido)

Enfim, acho que fica claro que a definição de Marketing Digital têm no seu âmago um fenômeno chamado Internet e que sem esse acontecimento (maravilhoso) tudo o que já foi dito sobre Marketing muito provavelmente continuaria servindo como base para as nossas ações em busca da excelência das atividades com o objetivo da satisfação do cliente, mas ele está ai, e não há volta, ou melhor estamos apenas nos primórdios da transformação digital.

A transformação digital de tudo ao nosso redor é inexorável e a pergunta que você deve fazer a seu negócio é:como isso afeta minha empresa?

Em nossa opinião, o Marketing Digital é um dos componentes-chave da integração entre Excelência Operacional e Business Intelligence o qual têm como objetivo final a satisfação do cliente no sentido mais amplo da palavra, mas é claro, isso pode e deve trazer benefícios para todos.

Quer saber mais sobre melhoria de processos e Marketing Digital para alcançar a Excelência Operacional? Fale com a gente!

E siga o Excelência em Pauta no Facebook!

[ ]´

 

About Otávio Monsanto de Paula

Profissional de Excelência Operacional e Business Intelligence! Blog: Excelência em Pauta.com.br
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Deixe um comentário

avatar