Marketing digital é aliado das vendas.

Marketing digital: 12 dicas para ter sucesso na rede

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Tempo de leitura: 4 minutos

Divulgar um produto ou serviço, conquistar clientes, reforçar a marca, encontrar parceiros potenciais. Essas são apenas algumas das vantagens que o marketing digital pode trazer para o seu negócio. A facilidade de acesso às ferramentas, no entanto, tem levado muitas empresas a estabelecerem estratégias equivocadas ou pouco efetivas.

O grande acesso à informação e a alta velocidade nas conexões estabeleceram um ritmo diferente aos processos de comunicação. As redes sociais reproduzem e amplificam a velha lógica comercial da propaganda boca a boca, mas em velocidade avassaladora. Um pequeno erro, hoje, pode ter um resultado desastroso ao se espalhar pela rede. São vários os casos de empresas que perderam a mão em campanhas e posts, virando motivo de repúdio ou chacota.

Por outro lado, esse formato de publicidade também é mais acessível para os pequenos players. É fácil lembrar de ver em nossas redes sociais anúncios de consultores e pequenas empresas. Se antes os negócios precisavam de grandes orçamentos para competir nos grandes veículos, agora já é possível estar no jogo com recursos mais baixos.

Como usar os recursos do marketing digital e obter mais lucratividade, evitando erros no caminho? O Excelência em Pauta preparou algumas dicas para você.

1. Antes de tudo, faça um retrato de seu negócio.

O momento pode ser propício para ajustar o planejamento estratégico da empresa. Verifique se ela está agindo de acordo com a visão, a missão e os valores estabelecidos em seu planejamento.

2. Harmonize as percepções internas e externas sobre a marca.

Isso significa entrever a forma como a marca é vista por funcionários, clientes e outros stakeholders. Questionários podem ser feitos com públicos internos e externos. Servem tanto para delinear o perfil da empresa quanto para fazer ajustes na identificação do negócio.

3. Marketing digital também é marketing.

É importante buscar o equilíbrio nas diferentes frentes em que a empresa atue. Se já é feito marketing digital, a imagem que as pessoas têm do negócio na rede é igual às que o conhecem presencialmente? Se há ramos de atuação ou produtos muito distintos, eles seguem estratégias semelhantes ou diferentes?

4. Trabalhe em sintonia com a marca.

Nas redes sociais, por exemplo, todos querem ser modernos, descolados, joviais. Mas nem todas as empresas têm essas características. Alguns setores de atuação, inclusive, pedem mais sobriedade e posturas conservadoras. Por outro lado, se há uma coisa que não dá certo, ainda mais on-line, é tentar vender uma personalidade que não se tem.

5. Presença on-line importa para o marketing digital.

A pior coisa que pode acontecer é seu anúncio ser veiculado em meio a diversos registros de reclamações, por exemplo. Os funcionários, os clientes, os concorrentes, os vizinhos: todo mundo pode estar falando da marca nesse momento, mesmo que ela ainda não tenha investido em marketing digital.

6. Estabeleça objetivos claros para cada ação de marketing digital.

O que a empresa vai buscar na rede? Aumentar o volume de vendas? Criar vínculos mais profundos e próximos com os consumidores? Conhecer melhor seus públicos? Captar talentos? Todos esses são objetivos válidos e passíveis de serem alcançados. Ter foco, no entanto, pode oferecer melhores resultados no início do trabalho.

Marketing digital também precisa de monitoramento.

7. Esteja atento à geração de leads.

Leads podem ser definidos como os potenciais clientes que entram em contato com a empresa, buscando informações ou serviços. São fundamentais para o marketing digital. Captar leads e converter esse público em vendas costuma ser o principal objetivo de qualquer ação.

8. Invista em atratividade.

O que o seu público-alvo precisa ou quer ver? Qual serviço ou informação você pode oferecer? É nessa conjunção que se forma o primeiro contato. Seja uma oferta de produto, um e-book, um vídeo, um conteúdo especializado: atraia o interesse. Essa isca é fundamental para o marketing digital.

9. Landing pages são fundamentais para o marketing digital.

Ok, você tem uma oferta atrativa – de nada adianta se ele não estiver bem comunicado! Pode ser um grande erro, por exemplo, direcionar o usuário para a página inicial de seu site. Se o consumidor já clicou em seu anúncio ou post em razão de uma oferta, agora é o momento de lhe dar a recompensa. Simplicidade e objetividade são bons caminhos para uma landing page de sucesso. É hora também de apostar na atratividade visual e em call to action.

10. Atenção redobrada ao formulário.

O marketing digital é baseado na personalização de ofertas e serviços, que vão oferecer o que seu cliente quer na hora em que ele quer. Para isso, você precisa conhecê-lo. Os formulários das landing pages devem ser na medida certa: colher o máximo de informações relevantes, sem desestimular o usuário a preenchê-lo.

11. Lembre-se de que existem diferentes estágios de compra.

Claro que você quer conquistar quem ainda não conhece sua marca. Mas não se esqueça daqueles que já conhecem e ainda não compraram, ou dos que já estão inclinados a fazê-lo. Em geral, para esses, o esforço de marketing é menor. Crie ofertas diferentes pensando em cada estágio do potenciais clientes.

12. Medir, medir, medir.

Nenhum investimento de uma empresa pode ser feito sem o acompanhamento de desempenho e resultados. O mesmo vale para o marketing digital: é preciso medir a performance de anúncios, posts, ofertas. Fundamental a atenção para a conversão: de nada serve ter muitos leads e poucos negócios. O acompanhamento regular ajuda a corrigir desvios e estabelecer novas estratégias de atuação.

Quer saber mais sobre marketing digital e excelência operacional? Fale com a gente e siga nossos posts no Facebook.

Edição: Svendla Chaves – jornalista

Imagens: Typography Images e Pexels/Pixabay

About Otávio Monsanto de Paula

Profissional de Excelência Operacional e Business Intelligence! Blog: Excelência em Pauta.com.br
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Deixe um comentário

1 Comentário em "Marketing digital: 12 dicas para ter sucesso na rede"

avatar
newest oldest most voted
trackback

[…] resultados? Softwares podem fazer o monitoramento da jornada de compra, ajudando a elaborar a automação em marketing. A compreensão de processos internos ajuda a saber em quais pontos deve ser focada a estratégia […]