Marketing Digital para alavancar os negócios

Marketing Digital e Lucratividade

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Tempo de leitura: 5 minutos

Lucratividade e Marketing Digital tem sido o objetivo da maioria das empresas, o desafio é identificar as melhores soluções para alavancar os negócios. Com a retração da economia, os clientes buscam as melhores condições de mercado, portanto este é o momento de investir em ações direcionadas ao público certo, com o objetivo de conquistar melhor visibilidade. Não adianta ter um site bonito, um rede social com vários seguidores se a comunicação interna da empresa não vai bem, se o atendimento on e off-line deixa a desejar, se não existe uma estratégia de SEO (Search Engine Optimization) e pior, se o conteúdo do seu site não oferece o que seu público realmente deseja ler.

Seja qual for o porte da companhia, lucratividade sempre é um dos principais objetivos e as ferramentas do Marketing Digital são essenciais para os gestores porque apontam novas perspectivas, mostram erros e também os acertos da campanha de um produto e/ou serviço. Essa estratégia – quando aplicada na prática – coloca a empresa à frente da concorrência, proporcionando maior visibilidade nos sites de buscas, aumentando assim as chances de concluir as vendas.

Antes de mergulhar neste tema, vale lembrar a importância em saber se o seu produto/serviço é “desejado”pelo consumidor. Este é o princípio básico da “Lei da Oferta e Procura”, quando não consideramos apenas a questão do preço, mas também outros elementos fundamentais para esta equação, como por exemplo: os desejos e necessidades das pessoas; o poder de compra; a disponibilidade dos serviços; a existência de produtos complementares ou substitutos; e por fim, a capacidade das empresas produzirem mercadorias eficientes e desejadas. 

Visibilidade – Mudança de Comportamento

Marketing-Digital-e-lucratividade
Os brasileiros já gastam cinco horas do dia conectados à Internet, revelou a “Pesquisa Brasileira de Mídia 2015” (PBM 2015), encomendada pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM) e realizada pelo IBOPE (Instituto Brasileiro de Opinião e Estatística), com mais de 18 mil entrevistados.

Diante a atual realidade, é fundamental que as empresas se adaptem às mudanças de comportamento dos consumidores e aproveitem as oportunidades de gerar negócios online. Esta é a relação entre Marketing Digital e Lucratividade.  

Marketing Digital –  Principais vantagens

As ferramentas do Marketing Digital permitem analisar em detalhes os resultados de cada campanha, assim como também auxiliam a medir o ROI (retorno sobre o Investimento). Num contexto geral – cálculos, pesquisas e análises oferecem uma visão mais analítica sobre os dados obtidos com relação ao comportamento do consumidor online, hábitos e preferências  – estes números apresentados contribuem e muito para as decisões futuras e estratégicas.  Sobre este tema sugiro também a leitura do post: “Marketing Digital e a Revolução da Manufatura“, publicado pelo nosso blogExcelência em Pauta“.

Marketing Tradicional – desvantagens

Impossível mensurar quantos telespectadores ou leitores foram impactados através das publicidades e quantos foram convertidos para a base de clientes da empresa anunciada. Não existe ferramentas que apontem quantas pessoas leram ou assistiram tal anúncio e por isso adquiriram determinado produto/serviço. O Marketing tradicional, embora necessário e efetivo, é delimitado.

Pesquise

Atualmente existem diversas ferramentas de monitoramento que podemos usar para analisar os resultados das campanhas com melhor precisão. A partir dessas ferramentas do Marketing Digital é possível saber exatamente se a estratégia está funcionando, evitando perda de tempo e dinheiro. O importante é identificar quais são as mais adequadas para interagir com o público-alvo e tornar-se referência no assunto em questão.   Sendo assim, estude o que os seus clientes buscam quando estão online e por onde navegam para atingir maior lucratividade.

Estratégia de SEO (Search Engine Optimization)

Quando as pessoas pesquisam sobre algo na internet, geralmente escolhem os links disponíveis como sugestões nas primeiras páginas dos sites de busca. Portanto, a estratégia de SEO serve, ente outras coisas, para melhorar o posicionamento da sua página nos sites de pesquisa. Trata-se de um conjunto de técnicas que têm como principal objetivo tornar os páginas mais amigáveis para os sites de busca, através das palavras-chave relevantes ao assunto pesquisado.

Identifique o público

A segmentação do público ajudará a criar campanhas mais assertivas, focadas nos interesses de cada perfil de consumidor. Por exemplo, uma empresa do segmento de construção civil presta serviços para clientes interessados em casas, apartamentos em condomínios verticais e casas em condomínios. Criar campanhas específicas para cada público ajudará a converter mais leads do que direcionar para todos os perfis de clientes.

“O que é lead? Alguém que entra em contato com a empresa interessado em obter informações sobre o seu produto e/ou serviço. Com isso, lead se tornou sinônimo de qualquer visitante que informe seus contatos em troca de conteúdo. Ou seja, alguém que podemos chamar de consumidor em potencial.”

Fonte: Marketing de Conteúdo 

Visibilidade através das ferramentas do Marketing Digital 

O Google Analytics é uma ferramenta gratuita de monitoramento de tráfego que pode ser instalado em qualquer site, loja virtual ou blog, permitindo avaliar vendas e conversões, apresentando informações atualizadas sobre como os visitantes usam o seu site, como chegam até ele e o que você pode fazer para melhorar a visibilidade do seu produto/serviço. Encontramos outras ferramentas similares ao Google Analytics, como por exemplo: Piwik, Parse.ly, KISSMetrics, Clicky, Woopra.  

A leitura dos inúmeros indicadores e dados apresentados por estas ferramentas possibilitam uma visão realista sobre o comportamento online do consumidor. É possível analisar os números de acessos, a taxa de rejeição (sessões nas quais a pessoa saiu do seu site na página de entrada sem interagir com ela), quantas vezes a página foi visualizada, por quanto tempo o internauta navegou e permaneceu por lá, o engajamento e a conversão de leads, durante determinada ação. A partir desses dados é possível identificar os erros e corrigi-los. Certamente, o maior benefício em usar os dados gerados a partir das métricas do Marketing Digital e alcançar lucratividade é entender os hábitos dos consumidores e definir a melhor estratégia de fideliza-los. 

Visibilidade (então monitore a concorrência)

O monitoramento serve para avaliar o que é dito sobre a sua empresa e a concorrência em toda as redes sociais, assim como também em toda web. Esta estratégia visa encontrar novas possibilidades de negócios e definir objetivos com base nas informações sobre a concorrência. Dessa forma é possível avaliar as últimas tendências e planejar o próximo passo. Ressalto algumas ferramentas para esta finalidade, como por exemplo: Google Alerts, SocialMention, InfiniGraph, Instapaper, SEMRush, Google Keyword Planner e Open Site Explorer.

É preciso entender que as mudanças são constantes e existem muitas estratégias disponíveis para que o leitor entenda a relação entre  Marketing Digital e lucratividade. Certamente com a ajuda de profissionais qualificados será provável traçar um plano adequado ao seu negócio para conquistar maior lucratividade. O que posso afirmar é que o consumidor navega na Internet e a sua empresa também precisa estar lá.

Abro aqui um parênteses para observar a importância da sua participação nesta discussão.

Quer saber mais sobre melhoria de processos e Marketing Digital para alcançar a Excelência Operacional? Fale com a gente!

E siga o Excelência em Pauta no Facebook!

Edição: Viviane Zanardo Lancellotti – Jornalista

 

About Otávio Monsanto de Paula

Profissional de Excelência Operacional e Business Intelligence! Blog: Excelência em Pauta.com.br
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Deixe um comentário

avatar