OKR define e executa metas

OKR: passo a passo para implantação

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Tempo de leitura: 4 minutos

Como trabalhamos nas últimas semanas, o conceito OKR é uma forma descomplicada de nortear os resultados de uma organização. Ao alinhar as metas da empresa com as metas de equipes e indivíduos, a estratégia fica mais objetiva. Por outro lado, a participação de todos na definição das metas proporciona engajamento dos colaboradores.

Como implantar o sistema OKR na sua empresa? É o que vamos descobrir a seguir.

1. OKR só funciona com definição de estratégia

Antes de iniciar a implantação de OKR, é preciso saber qual o nível de aprimoramento da estratégia organizacional. Cada negócio está em diferentes estágios de seu ciclo de vida. Empresas maduras já têm claras suas visão e missão e contam com meta de longo prazo. Assim, esses propósitos ajudam a estabelecer mais facilmente objetivos anuais ou de menor prazo. Organizações mais desenvolvidas também já contam métricas e KPIs que podem ser utilizados pelas metas em OKR.

Empresas em estágios menos maduros, em contrapartida, precisam lembrar-se da importância da visão e da missão do negócio. A visão é o objetivo aspiracional da organização; a missão é como ela vai chegar lá. Principalmente, esses dois aspectos dão motivação às equipes, orientando o quê, como e por que o trabalho deve ser feito. Sem saber para onde vamos, é difícil estabelecer metas, por isso esses são elementos fundamentais para trabalhar com OKR.

2. Consulte, treine e engaje os colaboradores

A empresa já tem um sistema de definição de metas? Como ele é avaliado pelos funcionários? Eles costumam receber feedbacks sobre seu desempenho em relação a metas? Suas tarefas cotidianas estão relacionadas com o objetivo do negócio? Eles conseguem perceber essa relação? Estão preparados para implementar OKR?

Essas perguntas são importantes para implementar o conceito OKR. A metodologia prevê que aproximadamente 60% das metas devem ser definidas pelas equipes. Por isso, elas devem estar informadas e engajadas com o processo.

3. Implante OKR gradualmente

Uma boa tática pode ser implantar um projeto-piloto, em níveis hierarquicamente superiores. Cuidado se decidir implementar OKR inicialmente em apenas um setor: o conceito supõe horizontalidade e interdisciplinaridade, ou seja, que diferentes áreas possam perceber o encadeamento de seus OKRs. Dessa forma, se a implantação acontecer de forma isolada em uma área, poderá não encontrar o substrato para ter sucesso. Ao mesmo tempo, inserir o conceito de maneira completa já de início pode dificultar o processo. Avalie deixar os stretch goals para uma segunda etapa.

4. Prepare a empresa para definir os OKR

Antes de mais nada, prepare as equipes por meio de reuniões ou oficinas. Os encontros podem ser orientados por especialistas internos de OKR ou por consultores externos. Sobretudo, ajude as pessoas a entender como funciona a metodologia e como ela será aplicada na empresa. Se não for possível reunir todos os colaboradores, garanta que os gestores de equipe participem dos encontros e possam atuar como multiplicadores.

5. Defina os OKR

Enquanto as metas de longo e médio prazo de uma empresa são de um a cinco anos, o prazo comum para os OKR é de três meses. Nesse período, eles devem ser projetados, executados e avaliados, em ciclos consecutivos. De outra parte, é preciso vincular OKRs de empresa, equipe e individuais. Diferentemente do sistema de cascata, o processo aqui é simultaneamente top-down e bottom-up. Para saber mais sobre a definição das metas, veja nosso artigo sobre o tema.

6. Os ciclos de OKR dependem de cadência

Muitas das falhas encontradas em empresas que implantam OKR se dão porque eles são definidos no início do trimestre… e esquecidos até o final do ciclo. Na última semana, todos correm para fazer o que deveria ter sido desenvolvido ao longo dos três meses anteriores. Os OKRs devem ser acompanhados semanalmente, a fim de realizar os ajustes necessários de acordo com o desempenho.

No entanto, os OKRs não devem ser alterados antes do final do ciclo. A experiência obtida com seu desenvolvimento deve ser usada para aperfeiçoar o próximo ciclo. Alterá-los dilui o foco – e manter as equipes focadas é o ponto principal do OKR.

7. Classifique os resultados de OKR

Quando se atinge a data de vencimento do OKR, os resultados devem ser classificados em uma escala de 1 a 10. Dessa maneira, a nota média nos principais resultados passa a ser avaliada no nível objetivo. Avalie e calibre os resultados para a próxima etapa. No processo de classificação, deve-se analisar objetivamente os esforços que foram feitos naquele ciclo e definir os OKRs seguintes. Segundo o conceito de stretch goals, se uma meta foi 100% atingida é porque era muito fácil – o ideal seria atingir 60%. Isso no entanto pode desmotivar a equipe no início.

8. Aposte na mudança de cultura

Como sempre afirmamos aqui, a . define seus resultados. Assim, ferramentas implantadas por decisões da alta gestão não obtém sucesso se não passarem a fazer parte da cultura da empresa. Nesse sentido, o OKR precisa ser “comprado” pelos líderes, gestores e colaboradores. Isso vai garantir a definição adequada das metas e, além disso, o acompanhamento regular dos resultados obtidos.

9. É preciso estar preparado para falhar

Ninguém gosta de falhar, mas o fracasso é inevitável. Entretanto, o conceito OKR não é apenas sobre atingir alvos, mas sobre aprender a respeito do que a empresa é capaz de fazer. Eles existe para impulsionar o negócio e suas equipes a fazerem melhor.

Para saber mais sobre excelência operacional e sua aplicação em pequenas, médias e grandes empresas, fale com a gente! E siga nossos posts no Facebook.

Edição: Svendla Chaves – jornalista

Imagens: rawpixel.com/Freepik

Conquiste a
Excelência Operacional

E-book:
Excelência Operacional

BAIXE AGORA

About Otávio Monsanto de Paula

Profissional de Excelência Operacional e Business Intelligence! Blog: Excelência em Pauta.com.br
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *