Por que sua empresa precisa de um BICC?

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Tempo de leitura: 4 minutos

O conceito de business intelligence associou definitivamente TI e estratégia. Ao longo dos primeiros anos deste século, a informação passou a ser considerada um dos principais ativos de qualquer empresa. Foi nesse período também que se desenvolveu a ideia de Centros de Competência de BI (Business Intelligence Competency Center – BICC). O termo foi difundido pela Gartner a partir de 2001. Segundo a própria:

“BICC é uma equipe multifuncional com tarefas, funções, responsabilidades e processos específicos para apoiar e promover o uso eficaz de BI em toda a organização.”

Na última década, muita coisa evoluiu no campo de business intelligence. A própria Gartner falou, em 2016, sobre a “morte” do BICC. A percepção, no entanto, não é sobre o fim da estrutura, e sim sobre sua evolução. Se inicialmente o BICC era voltado à padronização de dados e geração de relatórios, agora seu papel deve estar profundamente relacionado com Big Data, Analytics e mineração de dados e de texto.

Esse panorama deixa perceber que já era mais que hora de sua empresa ter um BICC, certo? Para os negócios que estão implementando estratégias de BI, essa é uma ferramenta essencial. Para os que já estão mais avançados, vale pensar sobre a evolução do conceito, sob risco de parar no tempo.

Basicamente, o que faz um BICC

  • Integra diferentes áreas da organização para pensar e agir em business intelligence.
  • Gerencia a execução da estratégia de BI.
  • Promove a disseminação da cultura de dados.
  • Define, organiza e prioriza projetos de BI.
  • Faz o treinamento das equipes para compreensão das ferramentas.
  • Garante aspectos como padrões, segurança, conformidade, controle de processos, custos e entregas.

BICC: o que era e o que deve ser

Originalmente operacional, o BICC evoluiu como centro estratégico. O desenvolvimento do conceito acompanhou a própria popularização da business intelligence. Se antes o BICC devia promover o uso de BI, hoje este passou a ser uma premissa nas empresas. Ao menos é o que se espera! Também por ser um processo em evolução, há uma década era necessário centralizar e focar as atividades. Agora, o movimento é contrário: busca-se o trabalho horizontal. Ou seja, todas as áreas da organização devem ter algum nível de autonomia em BI.

A interface com a área de TI também mudou. Inicialmente, as ações do BICC estavam muito focadas em modelar estruturas de dados, painéis e relatórios. O avanço das ferramentas de análise e mineração pode levar a TI a desempenhar papel secundário nesse sentido. Idealmente, quanto menos o usuário precisar da equipe de TI, melhor. Isso não quer dizer que os profissionais dessa área tenham menos responsabilidade – sua função também passou a ser mais estratégica. As áreas de tecnologia e as de negócios devem andar de mãos dadas na governança de BI.

Esse, inclusive, é um desafio na migração de modelo: se as empresas substituem plataformas centralizadas por ferramentas de autoatendimento, é preciso equilibrar a autonomia do usuário com a governança de business intelligence.

BICC pode ter diferentes níveis de atividades

Como estruturar o BICC

Não importa muito se a equipe se chama BICC, Business Analytics Team ou Comitê de Governança de BI. Diferentes estruturas podem ter diferentes responsabilidades – mas o fato é que há aspectos que não podem ser negligenciados pelas empresas. Quatro fatores devem ser priorizados em BI: alinhamento estratégico, gestão dos ativos de informação, excelência em análise e criação de valor comercial.

A criação de um BICC depende, em larga escala, da maturidade do uso de BI na organização. Se a empresa ainda está engatinhando em business intelligence, talvez a equipe inicialmente tenha perfil menos estratégico. Outra abordagem pode ser já criar um time potente, patrocinado pela alta gestão. Entre os papéis que podem ser desempenhados pelo BICC estão estratégica, operação, gestão do conhecimento e padronização.

Para iniciar: faça um diagnóstico da maturidade da empresa em BI. Examine os objetivos e desafios comerciais e correlacione com as ações de BI.

Definição: planeje uma estratégia de implementação. Defina o sponsor e garanta seu engajamento. Reúna a equipe, envolvendo TI e áreas de negócios. Estabeleça estratégia, métricas e financiamento.

Implementação: concilie as áreas de negócios e as soluções de TI, focando na qualidade das análises. Engaje a equipe multifuncional, descentralize responsabilidades. Inicie a operação ajustando o que for necessário.

Monitoramento: acompanhe processos, funções e resultados, conferindo as métricas estabelecidas. Escute os stakeholders, implemente treinamentos, otimize processos.

O que devo esperar do BICC?

Essas são algumas das atividades e resultados que podem ser esperados de um BICC.

  • Aumentar o ROI de BI.
  • Aumentar o uso da informação e a cultura de dados.
  • Aumentar a velocidade e a eficiência na tomada de decisões.
  • Promover o alinhamento estratégico de gestores, usuários e TI.
  • Disseminar uma efetiva cultura de business intelligence na empresa.
  • Preservar e maximizar o investimento em tecnologia, antecipando tendências.
  • Fomentar o compartilhamento de informações e a capacidade analítica entre as áreas.
  • Definir padrões para conceitos, plataformas e sistemas.
  • Oferecer soluções de BI que atendam às necessidades do negócio e tenham excelente custo-benefício.
  • Capacitar a organização para o uso das ferramentas.
  • Aumentar a satisfação dos usuários.
  • Oferecer consultoria para a solução de problemas ou adoção de novas ferramentas.
  • Reduzir o risco em projetos de BI.
  • Gerar conhecimento na empresa.
  • Buscar constantemente novas práticas e soluções que possam aumentar a confiabilidade e eficiência de BI.

Quer sabe como business intelligence pode ser usado para alcançar a excelência operacional na sua empresa? Fale com a gente! E siga nossos posts no Facebook.

Edição: Svendla Chaves – jornalista

Imagens: Designed by Freepik.

Conquiste a
Excelência Operacional

E-book:
Business Intelligence (BI)

BAIXE AGORA

About Otávio Monsanto de Paula

Profissional de Excelência Operacional e Business Intelligence! Blog: Excelência em Pauta.com.br
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

2
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
Centro de competência em business intelligence - Excelência em PautaFunções de BI e BICC na empresa - Excelência em Pauta Recent comment authors
newest oldest most voted
trackback

[…] apresentamos aqui as características e vantagens de um Centro de Competência de BI (Business Intelligence Competency Center – BICC). Por meio dessa estrutura, sua empresa pode direcionar os esforços de BI e gerenciar a execução […]

trackback

[…] mesmo de sobrevivência. Já falamos aqui que, para a criação de Centro de Competência de BI (Business Intelligence Competency Center – BICC), é preciso avaliar em que estágio a organização está, para que a estrutura implantada atenda […]