Tendências de business intelligence destacam qualidade dos dados

Tendências de business intelligence para 2019

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Tempo de leitura: 4 minutos

O fim do ano está chegando, e é hora de pensar no orçamento de 2019. O mercado está em transformação, e as tendências de business intelligence se atualizam constantemente. Além disso, os rápidos avanços em inteligência artificial oferecem soluções mais eficazes e têm convergido com as ferramentas de BI. Embora as tecnologias não sejam aplicáveis a todas as empresas, é importante estar atento aonde seu mercado está se dirigindo. Inegavelmente, diferentes setores pode tirar proveito desses instrumentos, reduzindo custos e aumentando sua produtividade.

Entre as tendências de business intelligence para 2019, se destacam fatores relacionados à cultura orientada para dados. É o caso de perspectivas como gerenciamento da qualidade de dados, data discovery e data visualization. Por isso, empresas que dão prioridade a BI investem nessa cultura, estimulando a prática em todas as áreas e níveis hierárquicos. Assim, se todos os integrantes do negócio estão atentos aos dados, se potencializa o retorno que estes podem proporcionar.

A importância de ter dados de alta qualidade, sempre à mão, aparece como uma preocupação dos profissionais do setor. Por outro lado, essa necessidade traz relevância à governança de dados, essencial para a eficácia de BI. O setor de serviços está alerta a essas características, que ainda precisam ser mais valorizadas pela indústria.

Onde estamos

Para saber de onde partimos, vejamos alguns dados sobre BI publicados pela Forbes, a partir do 2018 Wisdom of Crowds Business Intelligence Market Study:

  • Gerência Executiva, Operações e Vendas são os três principais papéis que impulsionam a adoção de BI.
  • Dashboards, relatórios, autoatendimento para o usuário final, visualização avançada e data warehousing foram as cinco principais tecnologias e iniciativas estratégicas na área.
  • Pequenas organizações, com até 100 funcionários, têm a maior taxa de penetração ou adoção de BI.

Para dar suporte às decisões para o próximo ano, listamos a seguir algumas das principais tendências de business intelligence apresentadas pelo mercado.

Tendências de business intelligence: qualidade acima de tudo

As decisões mais corretas só podem ser tomadas com base em dados corretos. Dessa forma, em um negócio baseado em dados, as ações operacionais dependem de informações confiáveis. Esse fator é essencial para a eficiência de BI e, consequentemente, para a excelência operacional.

Os sistemas de integração de dados existe para congregar elementos oriundos de diversas fontes, como ERP, CRM e SCM. Os mecanismos de BI podem ajudar a revelar problemas de qualidade de dados, e é importante dar atenção a isso. A questão se agudiza quanto é preciso reunir dados de terceiros ou de serviços on-line.

Algumas soluções, como o ciclo de qualidade de dados, auxiliam no gerenciamento de dados mestres e vêm sendo incorporadas aos softwares de BI. Para garantir a alta qualidade de dados ​​é preciso determinar responsabilidades, processos de garantia de qualidade e fazer o monitoramento contínuo da qualidade dos dados da empresa. Esses aspectos se destacam na governança de dados, que também tem como alvo a estratégia e a segurança da empresa.

Tendências de business intelligence destacam qualidade dos dados

Tendências de business intelligence: convergência entre inteligência artificial e BI

Tecnologicamente, há cada vez mais integração entre as ferramentas de BI e inteligência artificial. A Gartner elegeu 2018 como o ano de democratização da AI. Em pesquisa feita pela consultoria com CIOs de 98 países, 46% dos entrevistados já estavam testando iniciativas do gênero ou têm planos de curto, médio ou longo prazos com a tecnologia.

A Tableau aponta como tendências em BI para 2019 dois aspectos relacionados à inteligência artificial. O primeiro diz respeito à AI explicável: a necessidade de transparência está motivando a prática de compreender e apresentar exibições transparentes dos modelos de aprendizado de máquina. O segundo trata do processamento de linguagem natural (NLP), que tem sido incorporado como suporte à conversação analítica. Isso vale tanto para a captação de dados quanto para o fornecimento de informações aos usuários de BI. Conforme Vidya Setlur, gerente de desenvolvimento da equipe de linguagem natural da Tableau:

“Todo mundo quer receber informações baseadas em dados, e a linguagem natural é uma modalidade importante para atender a essa necessidade.”

Tendências de business intelligence: data discovery e data visualization

Ao utilizar ferramentas de BI, em geral buscamos no imenso oceano do Big Data respostas às nossas perguntas de negócio. Com data discovery, o processo é inverso. Data discovery é o método que permite responder à pergunta: o que isso tudo quer dizer? Por meio dele, o usuário de negócios pode descobrir padrões e valores discrepantes em dados.

Os recursos de data discovery auxiliam na limpeza, enriquecimento e modelagem de dados, criando conjuntos para análise. Como resultado, é possível perceber padrões inesperados, que podem ser resposta para perguntas ainda não formuladas. O machine learning está sendo cada vez mais usado para orientar analistas na preparação e na análise das informações.

Em complemento, a data visualization trabalha com o intuito de criar representações visuais que podem revelar imediatamente padrões ou relações. Ferramentas e técnicas tornam mais claros aspectos de difícil percepção nos dados subjacentes. Isso é especialmente útil quando as informações precisam ser avaliadas de maneira rápida para a tomada de decisão.

Ambos os métodos, data discovery e data visualization, são apresentados como tendências de business intelligence para o próximo ano. Portanto, empresas que já usam ferramentas do tipo devem investir em seu aprimoramento, principalmente no que tange à interface do usuário. Outros setores, que ainda são mais inexperientes em BI, precisam dar atenção a esses recursos ao implantarem seus programas.

Se mantenha atualizado sobre as novidades em excelência operacional, business intelligence e transformação digital, acompanhando o Excelência em Pauta aqui no blog e no Facebook. Para mais informações e consultoria, fale com a gente!

Edição: Svendla Chaves – jornalista

Imagens: Pixabay

Conquiste a
Excelência Operacional

E-book:
Business Intelligence (BI)

BAIXE AGORA

About Otávio Monsanto de Paula

Profissional de Excelência Operacional e Business Intelligence! Blog: Excelência em Pauta.com.br
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Deixe um comentário

avatar