Transformação Digital, Inovação, e o Papel do Conselho

Como os negócios são impulsionados pela Transformação Digital e Inovação, e o Papel do Conselho de Administração nessa Jornada de Criação de Valor

Os planos estratégicos das organizações, com o advento da pandemia, estão sendo revisitados. Neste momento, ações de transformação digital e inovação passaram a ter uma relevância significativa na agenda dos Conselhos de Administração devido à necessidade de respostas rápidas às estratégias de digitalização e inovação.

A visão do Cliente como Centro do Negócio, permeada por toda empresa, define o ritmo do processo de evolução em busca de ações de otimização para entregar um produto ou serviço melhor. A consequência deste olhar é a inovação, criando valor para todo ecossistema em que está inserida.

A transformação digital descreve o processo pelo qual uma empresa desenha uma estratégia para implementar determinada tecnologia e melhorar os negócios, atendendo às demandas em constante mudança do consumidor. Os objetivos desta ação podem incluir ampliar o alcance da empresa, melhorar a eficiência operacional, bem como transmutar a cultura e a imagem da organização. 

A inovação geralmente se refere a uma faísca ou criatividade repentina, levando à implementação de uma estratégia que corta caminhos, impactando de forma disruptiva o segmento em que atua. Entretanto, requer adoção de uma cultura e pensamento inovador, o que implica na adoção de constantes ações de incentivo à inteligência coletiva, foco no Cliente, busca por aperfeiçoamentos mediante compreensão das necessidades e dos problemas, colaboração e comunicação entre todas as áreas da organização, o que implica deixar claro os passos que devem ser dados – é o começo de algo grande.

Nem sempre a transformação digital é uma inovação, mas é um dos grandes impulsionadores para que essa apareça.

Apesar de estarem evidentemente relacionados, é crucial que os Conselhos de Administração e os Executivos compreendam a diferença entre os dois termos e a importância de como se desenha um processo transformação digital, que é a primeira centelha para inovar.

A transformação digital envolve o uso de tecnologia para solucionar os tradicionais problemas de uma empresa. Quando realizada e implementada de forma correta permite que as organizações criem valor para os clientes e avaliem continuamente suas estratégias e táticas.

Em muitas organizações, as áreas ou departamentos trabalham de forma segregadas, possuindo seus próprios dados ou tecnologias não integrados com o restante da empresa. 

O sucesso da transformação digital está na quebra dessas segregações, criando-se uma experiência integrada em toda empresa, tanto interna quanto externamente. Esse processo não tem início e fim, é um estado de espírito e uma mudança de “Mindset” organizacional, que permite à empresa evoluir constantemente, adotar novas soluções digitais para seus clientes e até inovar na forma de atende-las.

A maioria das empresas sabe da importância da transformação digital, mas não sabe por onde começar. A ideia de uma revisão completa do negócio pode ser assustadora pelos impactos das mudanças e também em virtude do potencial investimento a realizar.

Neste ponto, a boa notícia é que este processo pode ser realizado de forma gradual e o mais importante é identificar uma área para iniciar a mudança, a qual será o reflexo do sucesso, ou até uma Inovação dentro da empresa. Neste momento, começa o processo de “scale-up” interno, tornando-se parte do DNA do negócio e passando a se integrar à cultura e à experiência existente.

Aproveito para compartilhar os 7 passos de uma jornada de sucesso na construção de uma organização digital e inovadora:

1 – Cliente é o Centro do Negócio

Todas ações de processos e tecnologia precisam estar alinhadas com a Experiência do Cliente.

2 – “Mindset” Organizacional

Liderança organizacional com foco na cultura de transformação, impulsionando decisões de tecnologia que melhorem a eficiência e a experiência do cliente.

3 – Liderança Digital

Um ótimo líder ajuda os colaboradores a se sentirem seguros em tempos de mudança. A liderança digital tem como princípio fazer as pessoas sentirem-se movidas a agir, uma vez que fazem parte de algo maior. Além disso, cria uma experiência de relacionamento e permite o feedback de baixo para cima, fortalecendo uma comunicação ativa e simples. Isso significa que cada executivo e líder de área desempenha papel fundamental na promoção e na tomada de decisões da mudança digital, envolvendo equipes multidisciplinares, nas quais todas as áreas sejam representantes das metas gerais de sucesso da organização.

4 – Evolução de Produtos e Serviços e a Cadeia Logística

A transformação digital é eficaz quando a velocidade e confiabilidade na entrega de um serviço ou produto é realmente percebida pelo cliente. Uma abordagem digital requer uma mudança de pensamento na melhora sobre o quê e como entregar produtos e serviços. Os produtos e serviços modernos são mais inteligentes e fornecidos de maneira inovadora. Isto significa que entender a necessidade e o processo da experiência do cliente proporcionará entregas de serviços e produtos com excelência.

5 – Segurança de dados, Privacidade e Ética

Respeito com as informações dos Clientes é base de referência para criação de um modelo de segurança de dados. Este é um assunto importantíssimo que deve permear como um dos principais pilares o valor da cultura de todas as empresas. A maioria dos Clientes acreditam que seus dados são vulneráveis a uma violação. A organização que demonstrar com clareza e de forma prática o quanto este assunto é cuidado com respeito e diligência terá uma criação de valor à frente de seus competidores.  

6 – Integração entre o Mundo Físico e Digital

Digitalizar o negócio significa criar integrações perfeitas entre os ambientes físicos e digitais. Por exemplo: hotéis, hospitais, restaurantes, lojas e outros segmentos podem criar uma experiência fantástica para seus clientes quando entregam para eles autonomia sobre processo de atendimento, compra e relacionamento, tais como: auto “Check-in” e “Check-out”, pagamentos sem toque integrados aos serviços, controle de pedidos e outros. Dessa forma, proporcionará autonomia e poder para o Cliente e para a organização criará agilidade de respostas e melhora na comunicação sobre seu produto e serviço.

7 – Papel do Conselho de Administração

O Conselho é responsável pelo direcionamento estratégico e geração de valor para a organização. A importância do conselheiro com experiência em tecnologia e atualizado sobre novas tendências e conceitos, é muito  grande neste mundo digital, assim como os comitês de inovação e tecnologia, que ajudam o conselho no embasamento das propostas de estratégias de mudanças, criando um ambiente virtuoso com foco em inovação.

Esses são os motivos pelos quais vemos os Conselhos de Administração revisitando as estratégicas das organizações de curto e médio prazo, bem como incentivando seus executivos e suas equipes a buscarem constantemente maneiras de inovar. Inovar é viver em constante transformação!

Os processos inovadores e as regras de negócios modernos aparentemente mudam diariamente. Para permanecer competitivo e criar valor para seu ecossistema é preciso que as ações sejam relevantes. Certifique-se de que sua organização manter-se-á atualizada em relação às novas tecnologias, tendências, novos conceitos e quais serão as ferramentas de mensuração de sucesso utilizadas. Incentive todos com a visão da inovação e essa energia criativa impulsionará a transformação do seu negócio e ecossistema de inúmeras maneiras.

José Luiz Fleury  

Especialista em Gestão, Estratégias de Inovação e processos de Transformação Digital de Negócios. Mentor e criador de startups Fintechs e Foodtechs.

Conquiste a
Excelência Operacional

E-book:
Excelência Operacional

BAIXE AGORA